Não é a primeira vez que falamos do Tomate, mas como ainda é tempo de o semear ou plantar (até ao final de Abril), decidimos aprofundar um pouco a questão. Comece por ter em conta que os Tomateiros precisam de bastante sol para crescer e é importante perceber que estes, tanto podem crescer rasteiros e em forma de arbusto, ou em altura com o auxilio de uma estaca. Além disso, convém lembrar, que na hora de colher deve escolher os Tomates que ainda estão ligeiramente verdes para que estes amadureçam fora da planta.
Não o queremos assustar com tantos lembretes, vamos por partes, aqui ficam todas as dicas para bem plantar Tomate na sua Horta!

Tudo o que precisa saber para plantar Tomate

Se é para semear que seja agora

Não é novidade para ninguém que existem diversas diferentes espécies de Tomate que variam no tamanho, na forma, nas cores e sabores:
o apaixonante Tomate Coração de Boi (um clássico nacional) que podem ser vermelhos ou laranja; os de aspeto mais exóticos como o Black Cherry ou Green Zebra; os que lembram uma Pera como os Red Pear, os Banana Legs ou os Ligúria; os próprios para principiantes como o Dorenia, Matina ou Rotkappchen; etc.
A grande maioria destas espécies deve ser semeada entre Fevereiro e Março, mas com jeitinho podemos estender a sementeira até ao final de Abril. Por isso, pegue já nas suas sementes e enterre-as a 2cm de profundidade  numa caixa de ovos por exemplo, mantendo-as dentro de casa e com o substrato sempre húmido até começarem a germinar. Com calor e pouca luz as mudas vão a crescer em altura e fracas, daí que algumas horas de luz solar direta seja muito importante.
Quanto a planta tiver cerca de 10 a 15 cm de altura transplante para a sua horta. Pode optar por adquirir as mudas dos Tomateiros num Horto, já com o tamanho adequado para plantar no exterior, certificando-se sempre que são de Agricultura Biológica e verificando o nome da variedade que pretende.

Como plantar Tomate 

Escolha o local mais indicado para o seu Tomateiro na Horta, sendo que o Sol é uma premissa fundamental e que a planta precisa de espaço para crescer (sobretudo se optar pelo arbusto, mas já lá vamos). Cave um buraco para cada planta, num substrato que deve estar bem nutrido e pouco frio, pressionando a terra uma vez cobertas as raízes. Numa Horta Noocity de tamanho mais pequeno, o ideal será não colocar mais do que 1 ou 2 pés. Se a sua Horta é média ou grande, poderá arriscar uma produção maior, mas lembre-se que a diversidade de espécies só irá beneficiar as suas culturas. Depois de plantar, regue junto ao caule, sobretudo se o substrato estiver muito seco.

Vamos então às diferenças entre: um Tomateiro que cresce indomado ou uma planta que sobe ordeira por uma estaca. A segunda opção permite um maior aproveitamento do espaço e da Horta em altura, no entanto, os frutos podem demorar mais a aparecer ou amadurecer, mas terão tendência a ser maiores. Enterrando uma estaca de bambu junto ao caule vamos guiando e suportando a planta à medida que cresce. Se a sua Horta Noocity estiver junto à parede, pode utilizar fios tutores para a planta. Atenção à remoção dos rebentos laterais que surgem entre as folhas e o caule.

Já no caso de um Tomateiro que cresce rasteiro, plantado por exemplo na extremidade da cama de cultivo crescendo para fora, é possível expandir a sua área produtiva. Os frutos vão surgir rapidamente, até proliferar, mas corremos mais riscos no que diz respeito a um amadurecer precoce ou apodrecimento pelo contacto com o substrato. À semelhança da cultura dos Morangos, a aplicação de uma cobertura vegetal poderá proteger os frutos.

Manutenção e colheita

A Mosca-branca pode ser o maior dos seus problemas, as moscas adultas põem ovos na parte inferior das folhas e ao crescerem os ovos alimentam-se das folhas, deixando uma secreção pegajosa que pode atrair outras doenças. Sendo assim, preze pela prevenção e pulverize com água para lavar e remove-los das mesmas. A Calêndula pode ser uma boa parceira para proteger o seu Tomateiro já que atrai insetos que queremos ter na Horta como as Joaninhas por exemplo. Escolha os frutos que estão mais perto de amadurecer, a cor e o tamanho vão denuncia-los, o que irá incentivar a produção de mais frutos. A melhor parte de cultivar os seus próprios alimentos é que pode come-los assim que os colher e tirar o maior partido do seu sabor.

Combata a Mosca-branca sem químicos!