O Aipo é um ingrediente indispensável na nossa Horta, somos apaixonados não só pelo seu sabor como pelas suas qualidades: é rico em antioxidantes, vitamina A, vitamina K, potássio e cálcio. Primo afastado do Aipo Selvagem, o seu antepassado Europeu, sempre foi uma planta bem conhecida dos povos do Mediterrâneo. Daquelas que se pode comer “da raíz até às pontas”, o Apium graveolens tende a crescer bem em terrenos mais húmidos e, talvez por isso, o sugerimos para o mês das “águas mil”: Abril.

Apesar de alguma fama de difícil, não há grande ciência a aprender para plantar Aipo na sua Horta.

plantar Beringela na sua Horta

Porquê plantar Aipo na Horta?

Sobretudo, pelo seu sabor! Tanto, a raíz, como os caules ou as folhas podem ser utilizados em diversas combinações (sempre perfeitas) com carne, peixe, queijo, fruta, batata, feijão , mayonnaise, molho de Tomate, etc. Além disso, cultivando em casa e de forma biológica colhemos um Aipo mais crocante, saboroso e com a certeza que está livre de pesticidas ou fertilizantes químicos.
O consumo regular de Aipo Biológico pode trazer alguns benefícios para a sua saúde, já que as suas folhas ajudam a reduzir a pressão arterial, as hormonas de stress presentes no sangue ou, até, o colesterol. Sendo um antisséptico natural, o Aipo pode também beneficiar quem sofre de problemas renais ou cistite, mas o seu consumo não é tão aconselhável a grávidas.

Experimente uma estaladiça salada de Aipo e Funcho, cortando os dois em pedaços bem pequenos, regando com azeite, sumo de limão e temperando com sal e pimenta. Utilizar os caules de Aipo como acompanhamento para húmus, manteiga de amendoim ou queijo azul é outra boa ideia além de ser um óptimo complemento para um refrescante Bloody Mary.

Vamos ao que interessa, como plantar?

O Aipo tem algumas necessidades específicas, entre as quais estão: o nível de humidade presente no substrato; a necessidade de um acesso constante e continuado à água; a pouca tolerância ao calor excessivo.

O sistema de sub-irrigação da Horta Noocity garante um acesso infalível à água e evita problemas como um caule demasiado fibroso, duro ou mesmo oco. Mas, além de bem hidratado, o Aipo também necessita de um substrato bem nutrido e com bastante matéria orgânica, por isso lembre-se de incorporar um fertilizante biológico antes de plantar (como o que recebe com a nosso Kit Completo Horta em Casa).
Será sempre mais fácil plantar diretamente uma muda (planta bébé) do que semear, mas se o quiser fazer recomendamos que seja no interior utilizando, por exemplo, uma caixa de ovos. Deixe as sementes de molho durante uma noite, de forma a reduzir o tempo de germinação, coloque-as na terra sem cobrir e pressione a semente no substrato. Lembre-se que é fundamental manter o solo húmido e luz solar direta para que a planta comece a crescer. Quando a planta atingir uns 4cm de altura e tiver, pelo menos, quatro folhas pode transplantar o Aipo para a cama de cultivo, deixando um espaço de 10 am livre ao redor da planta. Regue diretamente na raíz após plantar.
A aplicação de uma cobertura vegetal pode ser uma boa estratégia para manter o solo húmido e as raízes do Aipo frias.


Na hora de colher, retire os caules exteriores e deixe os mais pequenos e internos para que a planta continue a crescer. Quanto mais escuras as hastes mais nutrientes terão, mas a textura também muda com a cor e estas serão necessariamente mais duras.
Os caracóis podem ser o grande inimigo de um Aipo viçoso e produtivo na sua Horta, mas também temos solução para isso:

Caracol, Pulgão e Mosca Branca, os grandes vilões da horta!